24 de out de 2012

Ação de Exoneração de Alimentos - Ex-mulher agora trabalha e se casou novamente


Excelentíssimo(a) Senhor(a) Juiz(a) de Direito de Vara de Família e de Órfãos e Sucessões da Circunscrição Judiciária do XXXX (DF)


SÉRGIO SICRANO SOBRENOME, brasileiro, divorciado, agente de serviços operacionais, residente e domiciliado(a) na Quadra 00, Casa 00, Setor Leste, Gama (DF), por seu advogado, vem ajuizar

AÇÃO DE EXONERAÇÃO DE ALIMENTOS

em face de MARIANA SOBRENOME NEVES, brasileira, casada, secretária, residente e domiciliado(a) na Quadra 8, Conj. 8, Casa 8, Setor Sul, Gama (DF), fone 8490-0000, podendo ser citada em seu trabalho: Banco Energético S/A, na Quadra 7, Lote 7, Setor Comercial, Gama (DF), fone 3484-0000.

FATOS
A parte autora está obrigada a pagar à parte ré o importe de 10% dos seus rendimentos brutos a título de alimentos. Ocorre que agora a parte ré está trabalhando, além de ter constituído outra família, sendo que seu novo esposo também trabalha, de sorte que ela não tem mais necessidade dos alimentos.


OBSERVAÇÃO: Esta petição encontra-se incompleta aqui no blog. Para adquirir onerosamente o conteúdo completo, entre em contato. Os demais tópicos da fundamentação desta petição são:

FUNDAMENTOS

(...)

ANTECIPAÇÃO DA TUTELA

(...)

PEDIDOS

Em face do exposto, requer:

a) benefícios da justiça gratuita;

b) antecipação da tutela, suspendendo desde já a obrigação alimentícia;

(...)

Valor da causa: R$ 4.800,00.

Gama (DF), 11 de abril de 2011.

Nome e Assinatura da Parte Autora

Nome e Assinatura do Advogado ou Defensor Público


ROL DE TESTEMUNHAS (art. 407 do CPC): 

(...)

Um comentário:

  1. Para saber mais, conheça o entendimento do Superior Tribunal de Justiça, que diz que os alimentos entre ex-cônjuges são excepcionais e temporários. Acesse: http://direitodopovo.blogspot.com.br/2012/10/stj-alimentos-ex-conjuges-excepcionais.html

    ResponderExcluir